Renato T. de Saboya

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil y Inglés Estadounidense. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in this site default language. You may click one of the links to switch the site language to another available language.

Professor Associado do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Catarina e docente do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PósARQ) da UFSC. Foi subcoordenador entre 2012 e 2015 e coordenador do PósARQ no biênio 2016-2017. Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela UFSC (1997), mestrado em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001) e Doutorado em Engenharia Civil (Cadastro Técnico Multifinalitário e Gestão Territorial) pela UFSC (2007). Desenvolve pesquisa na área de morfologia urbana, configuração, segregação socioespacial e uso do solo, e é líder do Grupo de Pesquisa «Urbanidades: Forma Urbana e Processos Socioespaciais». Orienta no Mestrado e Doutorado.

Links:

Linhas de atuação / interesses

  • Morfologia, padrões socioespaciais urbanos e suas interações: forma arquitetônica, configuração, espaços públicos e uso do solo;
  • Segregação socioespacial urbana;
  • Espaço e envelhecimento saudável.

Disciplinas oferecidas

  • Estudos configuracionais urbanos – ARQ 410028
  • Seminários Pré-Tese – ARQ 510003
  • Metodologia Científica Aplicada – ARQ 100001

Principais publicações

  • Saboya, R., Souza, G. P., Kronenberger, B. da C., & Barause, L. (2021). As condições para a diversidade urbana de Jacobs: Um teste em três cidades brasileiras. EURE (Santiago), 47(140), 243–267. http://dx.doi.org/10.7764/EURE.47.140.12
  • Kretzer, G., & Saboya, R. T. (2020). Tipos arquitetônicos e diversidade de usos do solo: Uma análise em duas escalas. Oculum Ensaios, 17, 1–21. https://doi.org/10.24220/2318-0919v17e2020a4408
  • Vespucci, G., & Saboya, R. (2020). Do quarto de empregada à varanda gourmet: Plantas de apartamento em Florianópolis (1954-2008). Ambiente Construído, 20(2), 305–322.
  • Kronenberger, B. da C., & Saboya, R. T. de. (2019). Entre a servidão e a beira-mar: Um estudo configuracional da segregação socioespacial na Área Conurbada de Florianópolis (ACF), Brasil. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 11, e20170227. https://doi.org/10.1590/2175-3369.011.e20170227
  • Netto, V. M., Vargas, J. C., & Saboya, R. (2019). The social effects of architecture: Built form and social sustainability. In R. Keivani & M. R. Shirazi (Eds.), Urban social sustainability: Theory, practice and policy (pp. 125–148). Routledge.
  • Saboya, Renato Tibiriçá de. (2020). O estudo da forma urbana em Santa Catarina, Brasil. urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 12. https://doi.org/10.1590/2175-3369.012.e20190269
  • Saboya, Renato T. (2019). Urban planning as collective, progressive, interrelated and path-dependent decision making. Revista Políticas Públicas & Cidades – 2359-1552, 8(3). https://doi.org/10.23900/2359-1552v8n3_4
  • Soares, M., & Saboya, R. T. de. (2019). Fatores espaciais da ocorrência criminal: Modelo estruturador para a análise de evidências empíricas. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 11. https://doi.org/10.1590/2175-3369.011.001.ao10
  • Barause, L., & Saboya, R. T. de. (2018). Forma arquitetônica e usos do solo: Um estudo sobre seus efeitos na ocorrência de crimes. Ambiente Construído, 18(4), 427–444. https://doi.org/10.1590/s1678-86212018000400314
  • Netto, V. M., Saboya, R. T. de, Vargas, J. C., & Carvalho, T. (2017). Efeitos da arquitetura: Os impactos da urbanização contemporânea no Brasil. FRBH. http://bit.ly/efeitos2019
  • Soares, M., Grosskopf, G., Eli, J., Saboya, R., & Barth, F. (2017). O ambiente construído e a ocorrência de crimes: uma análise em estacionamentos de campus universitário. PARC Pesquisa Em Arquitetura e Construção, 8(2), 102–116. https://doi.org/10.20396/parc.v8i2.8649893
  • Souza, G. P. de, & Saboya, R. T. de. (2017). Copresencia, interacción y diversidad: Análisis socioespacial en el campus universitario. Arquitecturas del Sur, 54–69.https://doi.org/10.22320/07196466.2017.35.052.06
  • Carvalho, A., & Saboya, R. T. de. (2017). A localização residencial em uma cidade vertical: um estudo sintático em Florianópolis. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 9(3), 414–429. https://doi.org/10.1590/2175-3369.009.003.ao03
  • Saboya, R., Reis, A., & Bueno, A. (2016). Continuidades e descontinuidades urbanas à beira-mar: uma leitura morfológica e configuracional da área conurbada de Florianópolis. Oculum Ensaios, 13(1), 129–152. https://doi.org/10.24220/2318-0919v13n1a2756
  • Saboya, R., Banki, G. H., & Santana, J. M. A. de. (2016). Uso do solo, visibilidade e ocorrência de crimes: um estudo de caso em Florianópolis, Santa Catarina. Oculum Ensaios, 13(2). https://doi.org/10.24220/2318-0919v13n2a2990
  • Saboya, R., Netto, V. M., & Vargas, J. C. (2015). Fatores morfológicos da vitalidade urbana: uma investigação sobre o tipo arquitetônico e seus efeitos. Arquitextos – Vitruvius, 180.02.  http://vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/15.180/5554