Renato T. de Saboya

Professor Adjunto do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Catarina e docente do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PósARQ) da UFSC. Foi subcoordenador entre 2012 e 2015 e coordenador do PósARQ no biênio 2016-2017. Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela UFSC (1997), mestrado em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001) e Doutorado em Engenharia Civil (Cadastro Técnico Multifinalitário e Gestão Territorial) pela UFSC (2007). Desenvolve pesquisa na área de morfologia urbana, configuração, segregação socioespacial e uso do solo, e é líder do Grupo de Pesquisa “Urbanidades: Forma Urbana e Processos Socioespaciais”. Orienta no Mestrado e Doutorado.

Links:

Linhas de atuação / interesses

  • Morfologia, padrões socioespaciais urbanos e suas interações: forma arquitetônica, espaços públicos, uso do solo, diversidade e criminalidade;
  • Dinâmicas de produção urbana: verticalização, crescimento, adensamento e segregação.

Disciplinas oferecidas

  • Estudos configuracionais urbanos – ARQ 410028
  • Seminários Pré-Tese – ARQ 510003

Principais publicações

Soares, M., Grosskopf, G., Eli, J., Saboya, R., & Barth, F. (2017). O ambiente construído e a ocorrência de crimes: uma análise em estacionamentos de campus universitário. PARC Pesquisa Em Arquitetura e Construção, 8(2), 102–116. https://doi.org/10.20396/parc.v8i2.8649893

Souza, G. P. de, & Saboya, R. T. de. (2017). Copresencia, interacción y diversidad: Análisis socioespacial en el campus universitario. Arquitecturas del Sur, 54–69.https://doi.org/10.22320/07196466.2017.35.052.06

Carvalho, A., & Saboya, R. T. de. (2017). A localização residencial em uma cidade vertical: um estudo sintático em Florianópolis. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 9(3), 414–429. https://doi.org/10.1590/2175-3369.009.003.ao03

Saboya, R., Reis, A., & Bueno, A. (2016). Continuidades e descontinuidades urbanas à beira-mar: uma leitura morfológica e configuracional da área conurbada de Florianópolis. Oculum Ensaios, 13(1), 129–152. https://doi.org/10.24220/2318-0919v13n1a2756

Cabral, T. N. D., Rossetto, A. M., & Saboya, R. (2016). Espaço Público e Urbanidade: estudo da influência de aspectos morfológicos locais sobre a utilização de praças em Florianópolis. Revista Políticas Públicas & Cidades – 2359-1552, 4(2), 151–170. https://doi.org/10.23900/2359-1552.2016v4n2-rx

Saboya, R., Banki, G. H., & Santana, J. M. A. de. (2016). Uso do solo, visibilidade e ocorrência de crimes: um estudo de caso em Florianópolis, Santa Catarina. Oculum Ensaios, 13(2). https://doi.org/10.24220/2318-0919v13n2a2990

Saboya, R. T. (2016). Forma urbana, suas motivações e seus efeitos: cumplicidade ontológica, teleologia e alguns equívocos. Revista Políticas Públicas & Cidades, 4(1), 3–5. https://doi.org/10.23900/2359-1552.2016v4n1p3

Saboya, R., Netto, V. M., & Vargas, J. C. (2015). Fatores morfológicos da vitalidade urbana: uma investigação sobre o tipo arquitetônico e seus efeitos. Arquitextos – Vitruvius, 180.02.  http://vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/15.180/5554